(44) 3262-1072 - (44) 98838-4308(Whatsapp)

marcos@odontologiapreventiva.odo.br

Vale a pena tratar os dentes de leite?

Para responder é importante esclarecer a sua função e importância.

      O bebê nasce  com uma boca pequena e sem dentes,  somente com o instinto de mamar para conseguir a sua nutrição e subsistência. A medida que seus maxilares são estimulados pela sucção começam crescer e  a nascer o primeiros dentes decíduos ou de leite. A partir dai vai havendo um aprendizado  do sistema para a correta mastigação.  Esses tem o tamanho,  disposição e encaixe adequados para a criança extrair dos alimentos os nutrientes que serão necessários para que a mesma cresça e se desenvolva física e emocionalmente. A mastigação é uma atividade que deve ser ensinada e estimulada pelos pais. Daí ser obvio que se houver danos a esses dentes, carie, dor, infecções ou mesmo sua  perca precoce, haverá prejuízo ao correto desenvolvimento da boca em si, e da própria criança que esta em crescimento.

      O sorriso faz parte da expressão, fala e socialização infantil. Sem dentes ou com eles danificados,  a criança certamente teria dificuldades. Na  moagem do alimento, cada golpe mastigatório  estimula o crescimento da boca e da face, bem como a correta substituição dos de leite pelos definitivos. Muitos problemas ortodônticos são gerados pelas doenças que atingem os dentes de leite, dai a grande  importância dos cuidados odontológicos básicos às crianças,  desde a idade de bebê  a adolescência. Esses são apenas alguns dos aspectos.

      O dentista zela com todo o carinho, prevenindo e tratando qualquer anormalidade da dentição decídua caso ela ocorra. Os trabalhos podem incluir  selamentos, restaurações, tratamentos de canal, próteses  e ortopedia entre outros  Esses dentes serão guias naturais, mostrarão o caminho de erupção dos dentes permanentes, que ai acompanharão o individuo até o final da vida.!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *