(44) 3262-1072 - (44) 98838-4308(Whatsapp)

marcos@odontologiapreventiva.odo.br

Problemas com a troca dos dentes de leite (decíduos)

Problemas com a troca dos dentes de leite (decíduos)

A queda natural dos dentes de leite para serem substituídos por
permanentes  (exfoliação), é um processo  que se inicia geralmente por
volta dos cinco anos de idade.

Em alguns casos o dente permanente pode começar a nascer sem que o de
leite tenha caído. Tal situação preocupa os pais e é motivo para
consulta odontológica.

Pode ocorrer por vários motivos, entre:

*  uma oclusão que não exige dos dentes de leite desgaste e esforço
*  falta de mastigar alimentos mais rígidos por parte da criança
*  desvios de erupção do permanente.
* crianças que por medo ou insegurança evitam mexer ou ate mesmo tocar
no dente mole.

Se você  perceber que isso ocorre, e que o dente de leite já tem algum
movimento indicando estar mole, deve preocupar-se com:

* Manter a região bem limpa e escovada( pode ate ajudar limpando com
água oxigenada 10 volumes com gaze ou cotonete)
* Ajudar e ou instruir a criança  a fazer todos  os dias, alguns
minutos de movimento para frente e para traz, se possível aumentando
gradativamente a amplitude do movimento.
* É esperado que a cada dia fique cada vez mais mole e solto na
gengiva. Praticamente não existe mais raiz nele.
* Quando estiver bem solto e mole, a própria criança ou os pais  podem
segura-lo com uma gaze ou fralda,  e dar um puxão firme para cima.
* Conter o  sangramento quando  houve,  com gelo ou sorvete.
* Provavelmente o dente nascendo deve ocupar naturalmente o espaço
deixado pelo que caiu em alguns dias.

Explicar para a criança que isso ocorre com todas as crianças, inclusive
que já ocorreu com você. Evitar forçar a criança, tentar retirar o dente
contra a vontade da mesma ou com dor, pois cria situações de medo e não
cooperação futura para tratamentos.
Em casos de duvida, agende com seu dentista.

Marcos Cesar Marcantonio- Odontopediatra

Dente eruptando fora de posição

Após a remoção do decíduo

Decíduo quase sem raiz

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *